sábado, 25 de outubro de 2008

Sentado no portão, meditando e vencendo a tensão.



Você já se sentiu nervoso, preocupado e cheio de ansiedade e medo ? Aliás o mundo anda assim, não é, especialmente com essa onda de crise financeira mundial e violência que domina nosso país.
É amigo leitor foi sentado no portão de casa num momento de meditação que descobri o segredo para vencer esses dias.
Acompanhe comigo a meditação de um homem que superou momentos de angustia e aflição:
Senhor muitos são os meus adversários! Muitos se rebelam contra mim! São muitos os que dizem a meu respeito: "Deus nunca o salvará!"
Mas tu, Senhor, és o escudo que me protege; és a minha glória e me fazes andar de cabeça erguida. Ao Senhor clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me responde.
Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém. Não me assustam os milhares que me cercam.
Levanta-te, Senhor! Salva-me Deus meu!
Responde-me quando clamo, ó Deus que me fazes justiça! Dá-me alívio da minha angústia; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.
Até quando vocês, ó poderosos, ultrajarão a minha honra? Até quando estarão amando ilusões e buscando mentiras?
Saibam que o Senhor escolheu o piedoso; o Senhor ouvirá quando eu o invocar.
Quando vocês ficarem irados, não pequem; ao deitar-se reflitam nisso, aquietem-se.
Encheste o meu coração de alegria, alegria maior do que a daqueles que têm fartura de trigo e de vinho.
Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu, Senhor, me fazes viver em segurança.
Escuta Senhor as minhas palavras, considera o meu gemer. Atenta para o meu grito de socorro, meu rei e meu Deus, pois é a ti que imploro. De manhã ouves, Senhor, o meu clamor; de manhã te apresento a minha oração e aguardo com esperança.
Tu não és um Deus que tenhas prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar. Os arrogantes não são aceitos na tua presença; odeias todos os que praticam o mal. Destróis os mentirosos; os assassinos e os traiçoeiros o Senhor detesta.
Eu, porém, pelo teu grande amor, entrarei em tua casa; com temor me inclinarei para o teu santo templo. Conduze-me, Senhor, na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplaina o teu caminho diante de mim.
Nos lábios deles não há palavra confiável; suas mentes só tramam destruição. suas gargantas são um túmulo aberto; com suas línguas enganan sutilmente. Condena-os, ó Deus! Caiam eles por suas próprias maquinações. Expulsa-os por causa dos seus muitos crimes, pois se rebelaram contra ti.
Alegrem-se, porém, todos os que se refugiam em ti; cantem sempre de alegria! Estende sobre eles a tua proteção. Em ti exultem os que amam o seu nome. Pois tu, Senhor, abençoas o justo; o teu favor o protege com um escudo.
Salmos de Davi: 3,4 e 5 - NVI
É amigo leitor, o segredo aqui revelado por Davi, um rei que passou por muitas aflições, é que devemos orar nos momentos complicados da vida, depositando em Deus a nossa esperança, pois a oração em segredo traz a grande vitória sobre o medo.

Um comentário:

Polêmica disse...

Muito boa a mensagem! Vencer os medos, as inquietações, o nervosismo, só é possível pedindo que Deus acalme nosso coração. Precisamos de fé e esperança! Temos que confiar em Deus e não nos preocupar.

Beijos!